ELEIÇÕES 2018 NO PARANÁ: MENSURANDO O EFEITO PSL E SEU IMPACTO NA RENOVAÇÃO PARLAMENTAR DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA.

Breno Pacheco Leandro, Gabriel Marcondes de Moura

Resumo


A candidatura e vitória nas urnas de Jair Bolsonaro provocou um coattail effect, ocasionando efeito nos eleitos para câmara de deputados, em que o Partido Social Liberal (PSL) passou de uma cadeira para 52 nas eleições de 2018. No Estado do Paraná, teve o mesmo efeito na Assembleia Legislativa (ALEP), que o partido teve êxito de um para oito deputados. O objetivo deste trabalho é mensurar o impacto da eleição do PSL na renovação parlamentar da ALEP, através dos cálculos das taxas de renovação, bruta, liquida e compulsória, em análise comparada das eleições de 2010, 2014 e 2018. Os resultados demonstraram dois fatores principais sobre a taxa de renovação na ALEP: (i) não apresentou alteração significativa entre as taxas de renovação parlamentar obtidas em 2014 e 2018, o PSL ocupou parte dos espaços deixados por deputados que não concorreram à reeleição; (ii) o partido se valeu pela vitória da preferência eleitoral do PSL frente a outros partidos de centro-direita e direita que tinham expressiva presença na ALEP, tal qual o PSC, o PSD e o PSDB (partido que sofreu a maior erosão de sua base eleitoral de 2014 a 2018).


Palavras-chave


Renovação Parlamentar; Carreira Política; Deputados Estaduais; PSL.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRETO, Álvaro. Reeleição parlamentar: reflexões metodológicas e análise do caso da Câmara de Vereadores de Pelotas (1976-2004). Opinião Pública, Campinas, Vol. 14 Nº1, junho 2008, p. 123-148.

MARENCO, André. Legislativos federais em perspectiva comparada: recrutamento parlamentar na Argentina, Brasil, Chile e México. XXVI Encontro Anual da ANPOCS, Caxambu, 22 a 26 de outubro de 2002. GT 08 Estudos Legislativos.

MIGUEL, Luís Felipe. Capital político e carreira eleitoral: algumas variáveis na eleição para o congresso brasileiro. Revista de Sociologia Política, 20, p. 115-134, jun. 2003.

MOURA, Gabriel Marcondes de. Renovação parlamentar: um debate conceitual e metodológico. Caderno da Escola Superior de Gestão Pública, Política, Jurídica e Segurança. Curitiba, vol. 1, nº 1, p. 208-235, jan/jun. 2018.

SANTOS, Fabiano. Câmara dos deputados e a estrutura de oportunidades políticas no Brasil: alguns apontamentos acerca das eleições 2010. Caderno ASLEGIS, 40, Maio/Agosto 2010.

SANTOS, Wanderley Guilherme dos. Votos e partidos: Almanaque de dados eleitorais: Brasil e outros – Rio de Janeiro: Editora FGV, 2002. 384p.

TAEGAN GODDARD’S POLITICAL WIRE. Political Dictionary, 2018. Verbete: Coattail Effect. Disponível em: . Acesso em: 08 de jun. de 2019

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL (TSE). Repositório de Dados Eleitorais. Resultados, 2010, 2014 e 2018. Disponível em: < http://www.tse.jus.br/eleicoes/estatisticas/repositorio-de-dados-eleitorais-1/repositorio-de-dados-eleitorais> Acesso em: 06 de jun. de 2019.

UOL ELEIÇÕES 2018. “REQUIÃO TEM 26% PARA O SENADO NO PARANÁ, DIZ IBOPE; 4 BRIGAM POR 2ª VAGA”. Matéria disponível em: Acesso em 10 de jun. de 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Legislativo Paranaense ISSN 2595-6957

Indexado em:

Google Acadêmico