MULHER E PODER: A ATUAÇÃO POLÍTICA DAS VEREADORAS NA CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA- CMC (2013-2016)

Geissa Franco, Jussara Cardoso de Souza Melo, Audren Azolin, Maiane Bitencourt

Resumo


A importância da participação das mulheres na política brasileira compreende sua inserção nos espaços políticos, o que está diretamente relacionado à pluralidade política e à construção de uma democracia inclusiva. Este trabalho apresenta os resultados parciais de pesquisa realizada no Núcleo de Pesquisa e Prática em Ciência Política –NuPP-CiPol/Uninter, que trata da mulher no espaço do poder político. Entende-se que a análise da representação feminina não passa tão somente pela quantidade de mulheres no parlamento, mas também pela análise da produção legislativas das mesmas. O objeto desta pesquisa é o espaço de produção de leis, mais especificamente a produção legislativa das vereadoras na Câmara Municipal de Curitiba no período 2013 a 2016. Posto isso, questiona-se: o que estão produzindo as vereadoras no espaço de poder curitibano? O objetivo geral é investigar se as vereadoras possuem a temática feminina como foco de sua produção legal. Como objetivos específicos pretende-se identificar e analisar: se as vereadoras conseguem transformar em leis suas proposições legislativas; se as vereadoras produzem projetos de lei referentes à temática feminina; quais são os temas preferidos das vereadoras. A metodologia utilizada é de cunho empírico, a partir da combinação dos métodos quantitativo e qualitativo. Este último permite-nos desenvolver uma classificação das proposições para melhor organizar e analisar a pesquisa.


Palavras-chave


vereadoras, participação feminina, produção legislativa

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, Bithiah de; RABAT, Márcio Nuno (org). Palavra de mulher: oito décadas do direito de voto. Brasília: Câmara dos Deputados, 2011.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1994.

BEAUVOIR, Simone de. Le deuxième sexe, II. 37 ed. Paris: Collection Folio Esssais, 2015.

GRAÇA, Luís Felipe Guedes da; SANTOS, Fabiano. Uma análise da produção legislativa durante os dois primeiros anos do governo Sérgio Cabral: indicadores quantitativos e qualitativos em uma perspectiva comparativa. 2009. Disponível em< http://www.fazenda.rj.gov.br/sefaz/content/conn/UCMServer/uuid/dDocName%3A982105. >. Acessado em 28 abr. 2017

KASS, Haley; SENKEVICS, Adriano. O que são pessoas cis e cissexismo?. Ensaio de Gênero, 2012. Disponível em< https://ensaiosdegenero.wordpress.com/2012/09/17/o-que-sao-pessoas-cis-e-cissexismo>. Acessado em 28 abr. 2017.

KINGDON, John W. Como chega a hora de uma ideia? In: SARAIVA, Enrique; FERRAREZI, Elisabete (Orgs.). Políticas Públicas: Coletânea. Brasília: ENAP, v. 1, 2006, p. 219-224.

PARANHOS, William Roslindo. A heterocisnormatividade na construção de nossa personalidade. Blogueiras Feministas, 2015. Disponível. Acessado em 28 abr, 2017.

RUA, Maria das Graças, ROMANINI, Roberta. Teorias e Modelos de Análise de Políticas Públicas. (S/D). [Instituto de Gestão Econômicas e Políticas Públicas]. Disponível em < http://igepp.com.br/uploads/ebook/para_aprender_politicas_publicas_-_unidade_05.pdf> Acessado em 03 jul. 2014.

SANTOS, Fabiano. A dinâmica Legislativo no estado do Rio de Janeiro: análise de uma legislatura. Rio de Janeiro: FGV, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Legislativo Paranaense ISSN 2595-6957

Indexado em:

Google Acadêmico